Buscar
  • JULIANE FERREIRA

Publicação apresenta resultados da oficina "Estratégias para equidade de gênero do setor florestal"

Documento é resultado do evento promovido pela Rede Mulher Florestal que mapeou desafios, estratégias e indicadores para a equidade de gênero


Um relatório que compila os principais desafios, estratégias e indicadores para equidade de gênero no setor florestal está disponível para consulta das empresas e organizações. A publicação é resultado da Oficina sobre Estratégias para equidade de gênero organizada pelo Grupo de Trabalho Educação da Rede Mulher Florestal em dezembro de 2021. O objetivo do evento virtual foi abrir espaço para abordar conceitos no âmbito da equidade de gênero, entender como a temática se insere dentro de uma perspectiva mais ampla de promoção da diversidade e, a partir daí, identificar possíveis ações.

A publicação apresenta os desafios prioritários agregados em nove temas entre os 16 discutidos pelas pessoas presentes à oficina, juntamente com as respectivas estratégias para superá-los e indicadores para a equidade de gênero. Os temas foram agrupados da seguinte forma: Cultura, Políticas, Representatividade, Debate, Liderança, Priorização, Corpo, Formação e Ouvidoria.

Entre as lições aprendidas apresentadas na publicação, destaque para a barreira imposta pela cultura representada pelos “valores, crenças e preconceitos reproduzidos em vários contextos de relações sociais” para que haja equidade de gênero no setor.


O relatório traz ainda um breve glossário com os principais conceitos e definições envolvidos na temática equidade de gênero.


A oficina propiciou um espaço inédito de troca de conhecimento entre pessoas com e sem experiência na temática gênero e setor florestal, pois quase 65% delas nunca haviam participado de uma atividade voltada à temática de equidade de gênero no setor florestal. “Foi um momento de construção coletiva de conhecimento sobre equidade de gênero e de compartilhamento de boas práticas e ações em desenvolvimento sobre o assunto”, afirma Bárbara. Na ocasião, as associadas à Rede Mulher Florestal TTG Brasil Investimentos Florestais, Ponsse Latin América Indústria de Máquinas Florestais, Indústria Brasileira de Árvores - IBÁ além da Plataforma Parceiros pela Amazônia – PPA apresentaram as estratégias que têm adotado para promover a equidade.


A equipe organizadora da Oficina foi formada por Ana Euler, Ana Paula Teixeira, Bárbara Bomfim, Etienne Winagraski, Fernanda Rodrigues, Juliane Salapata e Joice Franciscatte, todas voluntárias e integrantes do GT Educação.


Acesse aqui o Relatório.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo