top of page

Rede Mulher Florestal inicia campanha nas redes sociais para mostrar sexismos no mercado de trabalho

Siga as redes sociais para acompanhar ao menos quatro conceitos da realidade de mulheres no dia-a-dia de um ambiente profissional.



Tima Miroshnichenko

Você sabe o que é manterruping? E bropiating? Esses conceitos expressam algumas das microagressões sexistas que as mulheres podem passar no mercado de trabalho. E foi pensando em algumas mulheres que ainda os desconhece, mas sentem que sofrem com esses preconceitos de gênero, que o GT de Educação da Rede Mulher Florestal decidiu dar início a uma campanha de conscientização nesse mês de outubro.


Ao menos quatro conceitos serão apresentados. Internautas das páginas da Rede Mulher Florestal no Facebook, Instagram e Linkedin vão conhecer alguns dos exemplos que, mesmo fictícios, podem ser a realidade do dia-a-dia de uma profissional. Confira abaixo o que significam cada expressão:



Manterruping (man (homem) + interruping (interrupção)): Interrupção constante que homens fazem quando mulheres estão falando, normalmente uma tática usada para desconsiderar, invalidar e desrespeitar suas ideias.


Bropiating (brother = irmão, e apropiating = apropriar-se): Ocorre quando homens se apropriam de ideias de suas colegas mulheres para se destacarem ou conseguir promoções.

Em um ambiente de desigualdades de gênero, isso diminui a autoestima de mulheres que, desempoderadas, não conseguem reivindicar suas próprias ideias.


Mansplaining (man = homem, e explaining = explicando): A prática que muitos homens têm de “explicar” a mulheres assuntos que elas são especialistas


Viés Inconsciente: Se refere a preconceitos ou estereótipos automáticos e não intencionais que afetam nossas decisões e percepções sem que estejamos cientes disso.


O GT Educação visa promover ações de educação, treinamento e extensão que ligam o desenvolvimento no setor florestal com a promoção da igualdade de gênero. Saiba mais na página sobre os Grupos de Trabalho da Rede Mulher Florestal.


36 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page