Buscar
  • JULIANE FERREIRA

Tempo de refletir

Estamos em 2021 e (como desde sempre) é tempo de refletir. Fomos acionadas por algumas associadas a lermos a edição Jun - Ago 2021 da Revista Opiniões, que trouxe como tema "A formação do profissional florestal". A publicação trouxe em alguns artigos apenas menção ao "homem florestal", sem citar as mulheres ou a presença feminina no setor.


Fizemos uma reunião com a direção da revista, pontuando essa lacuna da abordagem, a discriminação que infelizmente ainda acontece na sociedade e em nosso setor, majoritariamente masculino, com vieses inconscientes, práticas e narrativas não-inclusivas que precisam ser trazidas ao debate e superadas. Esperamos que mulheres tenham sua importância reconhecida não apenas em publicações do setor, mas no dia a dia do trabalho florestal, o que para os homens não se apresenta como um desafio estrutural a ser superado. Após esta conversa o editor enviou nota de esclarecimento, que pode ser lida ao final deste texto.


Aproveitamos para reconhecer que os artigos da WestRock, Suzano, Embrapa Florestas e Ponsse abordaram o tema sugerido para o artigo na mesma publicação, incluindo menção às mulheres em abordagens mais inclusivas.


Queremos trabalhar em um setor no qual exista igualdade de gênero, e isso passa pelo respeito à diversidade. Este é um compromisso que deve ser verdadeiramente assumido por homens e mulheres, que em conjunto têm o poder de acelerar essa mudança. Entre erros e acertos, devemos ter firme o compromisso de discutir gênero promovendo o respeito à diversidade e à igualdade de oportunidades para as mulheres no setor florestal, essa é a missão da Rede Mulher Florestal, que é composta por mulheres e homens que assumiram este compromisso com a mudança.


Conselho Diretor Rede Mulher Florestal



NOTA DE ESCLARECIMENTO


A edição Florestal da Revista Opiniões deste trimestre teve como pauta a formação do profissional florestal. O objetivo desta edição foi evidenciar o segmento florestal como um dos setores produtivos que maior importância dá à solidez do aprendizado e um dos que mais investe na atualização de seus funcionários. Além do grande número de centros universitários dedicados à graduação, existe hoje um expressivo número de centros de pesquisa para o desenvolvimento do conhecimento dedicados à educação continuada, muitos deles instalados nas próprias empresas fornecedoras do sistema. Esse complexo de capacitação foi o responsável por elevar o sistema florestal brasileiro ao patamar de um dos melhores do mundo. O objetivo da edição foi tão somente evidenciar a excelência dessa formação.


A Revista Opiniões é uma publicação com foco em assuntos técnicos e científicos.Não defendemos segregações de qualquer ordem. Trabalhamos continuamente, há quase duas décadas, para unir, conciliar e fortalecer. Jamais para dividir. Quando dedicamos a edição “ao profissional da área florestal”, nós o fizemos utilizando a forma usual de expressão da nossa língua portuguesa ao ser humano – procedimento seguido também pelos articulistas em todos os artigos. Jamais desejamos evidenciar o sexo masculino. Mesmo porque, reconhecemos o papel tanto do homem, como da mulher, de construir e manter a relevância do setor florestal.


Damos muita importância à capacidade de uma pessoa, independente se homem ou mulher. Agimos, assim, na escolha dos nossos articulistas e até de nossos próprios funcionários. Ressaltamos que 83% dos profissionais da nossa editora são mulheres. Nossa preocupação é sempre buscar a excelência, não importa nas mãos de quem esteja. Com respeito.


ORIGINAL ASSINADO POR

William Domingues de Souza, Editor Chefe da Revista Opiniões





107 visualizações0 comentário